Posted on 06/05/2010

2


  • Desmarcar “publicar no Twitter”: check

Eu preciso escrever. E preciso colocar em algum lugar legivel. Não adianta deixar só para mim ler. Não é a mesma coisa. Eu tinha parado de postar aqui. Percebi quando meus textos estavam para se tornar chatos. Para evitar que vocês achassem meus textos chatos, não deixem que fossem lidos. Genial, não é?

Mas eu preciso que alguém leia, merda! (sim, eu sei que preciso de um psicólogo).

Meus textos perderiam a cara Mariana Belinotte. Eles mudaram, nesse tempo. Aconteceram coisas, eu mudei, eu comecei a escrever sobre outras coisas. Filmes? Vi vários, não quis resenhar nenhum. Livros? Mesmo caso. Escola? Chato. Videogames? Haha, não tenho nem jogado, vou escrever sobre isso?

Sobre o que eu tenho escrito no meu caderno de capa azul então? (detalhe insignificante a parte do azul).

R: eu tenho escrito sobre… pessoas. Relacionamentos. Que existem. E que dão um certo trabalho.

Tenho escrito sobre uma coisa que eu achava que nem existia. E que, caso existisse, jamais me influenciaria. E passei por um periodo de negação que me bloqueou completamente. Esse é o meu texto de… confissão.

Então, por que não deixar claro? Tenho falado sobre amor. Nunca tinha percebido isso.

Amo meus amigos, amo a vida, me amo pra caramba, amo ver filmes, amo conversar, amo acampar, amo desenhar, amo escrever! E estou de bom humor hoje!

De bom humor, não bebada, ou eu escreveria coisas que depois me constrangeriam.

Outra coisa é que meus amigos conhecem meu Twitter e o blog. E eu não queria que eles soubessem.

Porque eu sou Mariana Belinotte. Nada me atinge. Ou não.

Eu deixaria tudo mais claro, mas não estou afim. Seria revelar demais. Formulem suas hipoteses sobre minha vida, já que eu sou misteriosa.

Fui.

Anúncios
Posted in: Uncategorized